terça-feira, 19 de agosto de 2014

Resenha Especial: Elvis E Sua Pélvis - Michael Cox {#37ANOS SEM ELVIS PRESLEY!!!}



Oi, gente! Bom dia!
Dia 16 de agosto (sábado) foi um dia muito importante para mim, ao mesmo tempo é triste, e também é feliz. Deixe-me explicar...
Foi, além de niver da Madonna, Rainha do Pop, também niver de morte do Rei do Rock, Elvis Presley! O qual sou hiperfã!
É claro que é muito triste relembrar a sua morte; não é bem um motivo para comemorarmos. Porém, venho aqui através deste post, numa data tão significativa, fazer uma breve homenagem para ele. De todo o meu coração - que sente imensas saudades - de fã.

Por isso, como eu amooooooooo ler, e estou preparando vários post sobre livros e resenhas, aaaeeeh \o/   resenharei um livro maravilhoso, inteligentíssimo, digno de rei mesmo, sobre o Elvis!
Elvis E Sua Pélvis!!!!!

Já li quatro livros biográficos sobre o Elvis: Elvis e Eu (P. Beaulieu e S. Harmon), Elvis Presley (Miziara e Costa), Elvis E Sua Pélvis (M. Cox) eConhecendo Elvis (R. R. Atanes).

O melhor de todos é o Elvis E Sua Pélvis! Ele foi lançado em 2005 nos EUA e também aqui no BR. Faz parte da coleção Mortos de Fama, da editora Cia. Das Letras (e também pelo selo Seguinte); essa coleção é divertidíssima, apenas livros sobre famosos como Isaac Newton, Cleópatra, Leonardo da Vinci, entre outros. O livro é todo ilustrado e com um senso de humor magnífico, me tirou enormes gargalhadas ao longo da leitura!!!

Começa contando sobre o nascimento de Elvis, sua família e parentes distantes. Descobrimos que ele tem parentes britânicos, índios, enfim, uma supermistura!

A infância pobre. O descobrimento do Rei logo após gravar apenas duas músicas num disco para dar de presente no niver de sua mamy, dona Gladys Love, uma fofa!

O início da vida como soldado, o uso contínuo de remédios para dormir, energéticos e, depois para emagrecer.

As aventuras e estrepolias que Elvis fazia, e ora, não eram poucas, não!

No livro diz que Elvis uma vez, depois de um show comeu um sanduba diferente e amou. Dias depois, atravessou metade dos EUA em seu jatinho para ir comprar mais sandubas, o engraçado é que ele ligou antes para mandar preparar 22 tamanho família para ele e toda a Máfia de Memphis degustar! kkkkk  (E esses cus empregados ainda meteram o pau nele por isso - depois de comerem, óbvio! Vagabundos!!!)

O autor fez de um modo prático e superlegal, um tal Diário perdido do Elvis, em que ele conta cada fato marcante de cada ano de vida do Rei, como se fosse o próprio Elvis!
Assim, dá para ter uma ideia de como o Elvis se sentia no começo de carreira, suas inseguranças e medos, e muito mais!

Há também um pouco sobre as namos dele (poucas, porque ele teve tantas que não caberia no livro! kkkkkk). Algumas informações sobre as meninas, o tempo de relacionamento e o motivo do fim. E, muiiiiiitaaaaas ilustrações!!! Todas lindas.

Tem dicas e desenhos ensinando a ser um ótimo e parecido cover do Elvis - para um cover magro e gordo! kkkk com modelo e  desenho do Elvis em suas duas fases.

Muitas curiosidades sobre suas amizades, passatempos, manias, relacionamento com família, empregados e amigos.

Ah, fala também sobre o misterioso e tão importante na carreira e ascensão de Elvis, Coronel Tom Parker!!!! Sim, senhoras e senhores, saberemos diversas coisas sobre o caráter desse homem. O que ele fazia antes de trabalhar para o Elvis, as suas artimanhas para ganhar ainda mais nos shows do Elvis, algumas crueldades quando ele trabalhava em um tipo de circo, e mais!

É um livro super-hiper-mega-ultra bem feito!!!! Como eu disse, de todos os que li até agora, foi o que eu mais gostei! Com um humor engraçado, inteligente, esperto! Como Elvis!

Para mim, é melhor ainda que o Elvis e Eu, da Priscilla ex-Presley, viu?!
Aliás, talvez ainda resenharei esse ano os outros livros biográficos do meu gatão! O que acham???

Eu simplesmente, apaixonadamente, ameeeeeeei, amoooo, na verdade rsrs, esse livro! Ele é tuuuuudo de bom, de ótimo, de saudável, rs, uma biografia de amor!
Conta a história sem mentiras, mas de uma forma que te faz amar aiinda mais a pessoa em questão, mesmo sabendo de seus defeitos. Porque tem biografias por aí, que criticam tanto, desdenham tanto a pessoa, que os fãs pegam até nojo. E que pode ser um erro grave!
Nesse livro, NÃO!!!!
Se eu for ficar falando dele, não pararei, mas deixa só eu falar de umas partes que eu amei!!!:

"Na primavera de 1956, as fãs e os fãs gritavam tão alto que a bando do Elvis nem conseguia ouvir o que ele estava cantando. Observavam os movimentos do corpo do Elvis para tentar adivinhar qual era a música. Um dos músicos da banda contou que era como estar num "mar de sons" e que eles eram a única banda do mundo que acompanhava uma bunda!" - P. 73  kkkkkkkkkkkkkkkkkkk  Não falei que é incrível!!!!!

"O locutor de uma pequena rádio local anunciou que tinha arranjado SETE fios de cabelo do Elvis e que iria dá-los de brinde aos seus ouvintes. Disse que tinha prova escrita de que os cabelos eram autênticos. Cinco mil fãs ligaram na mesma hora, pedindo um fio." - P. 74

Aiiii Deus, diz também que o Elvis suava tanto que deixava o chão molhado e as fãs se jogavam no suor dele depois do show (ecaaaa kkkkk). O papel alumínio para cobrir a janela do Elvis no hotel em que ele se hospedava, também era vendido a uma fortuna! E teve uma vez, em que ele foi ao posto de combustível e uma multidão de fãs o cercou, o dono do posto ficou furioso e saiu na porrada com o meu gatão, os dois foram presos, mas foi paga a fiança logo em seguida! EEEEH ELVIS! kkkkkk


Bom, pessoal, é isso, não encompridarei mais!!! kkkkkkk
Eu estou sem câmera, por isso não postarei - hoje - as ilustrações do livro. Mas assim que der, posto sim, ok?!
Esse livro é divino, mesmo para quem (ainda) não é fãs do Elvis! Se você tiver a oportunidade, leia-o!!!
Beijão, fiquem todos com DEUS!!!

bye bye,
Ana Ira!


Livro: Elvis E Sua Pélvis
Título original em inglês: Elvis And His Pelvis
Escrito por: Michael Cox
Ilustrações de: Philip Reeve
Publicado no Brasil pela editora: Cia. Das Letras
Composto por: 208 páginas.
Minha avaliação: ♥♥♥♥♥

Nenhum comentário: