domingo, 13 de novembro de 2011

Ringo Starr encanta beatlemaníacos em São Paulo

O sentimento era o mesmo para todos que estavam ontem (12), no Credicard Hall: "Vou ver um Beatle!" Não é à toa que praticamente todos estavam vestidos a caráter. Com camisetas que faziam alguma referência ao quarteto de Liverpool e até com o figurino do álbum "Sgt. Peppers", o público esperava ansiosamente pelo show do Ringo Starr.


Sua primeira apresentação em São Paulo começou pontualmente. Às 20h30min, pessoas de todas as idades gritavam em uníssono o nome do cantor, que abriu a noite com a música "It Don't Come Easy".

Muito simpático, Ringo encantou os fãs fazendo o que faz de melhor: tocar bateria. Enquanto os outros membros do All Starr Band assumiam os vocais, o eterno baterista dos Beatles comandava as baquetas como ninguém. Foi liderando esse instrumento que ele cantou os sucessos "I Wanna Be Your Man", dedicando-o para todas as mulheres, e "Boys".


Mas, os fãs queriam Ringo cantando. Depois de muitos pedidos de "Ringo! Ringo! Ringo!", o cantor voltou para a frente do palco e cantou uma das mais emocionantes músicas do show. Durante "Yellow Submarine", ficou até difícil diferenciar a voz do cantor da dos fãs. Em um coro afinado, o Credicard Hall cantou o refrão da música e ergueu plaquinhas com o submarino amarelo desenhado. Quando a canção terminou, Ringo até que tentou falar, mas a plateia continuou cantando o refrão da música. "Vamos fazer o seguinte: vocês vem para cá e eu desço para aí", brincou Ringo, que encarnou o maestro e regeu o público que cantava empolgado.


"Act Naturally" e "Photograph" colocaram a casa de shows para tremer. Outro momento incrível foi o solo de guitarra de Rick Derringer. Até Ringo aplaudiu. A instrumental "Frankenstein" despertou a alma Rock'N'Roll em todos. Enquanto a banda dava um espetáculo no palco, Ringo trocava de roupa, tirava sua camiseta estilizada dos Beatles e seu terninho, e voltava com uma camiseta com o símbolo hippie estampado.


"Give Peace A Chance" encerrou a noite. Antes dela, "With A Little Help From My Friends" fez muita gente fechar os olhos e imaginar o quarteto de Liverpool junto novamente. Ringo fez seu último gesto de paz e amor e saiu do palco, depois de receber de um fã uma camisa do Corinthians. Mas até que o presente não foi completamente estranho: a camisa era a de número nove e Ringo Starr foi realmente um fenômeno! 


Setlist:
 It don't come easy
 Honey don't
 Choose love
 Hang on sloopy
 Free ride
 Talking in your sleep
 I wanna be your man
 Dream weaver
 Kyrie
 The other side of Liverpool
 Yellow submarine
 Frankenstein
 Back off boogaloo
 What I like about you
 Rock'n roll hootchie koo
 Boys
 My love is alive
 Broken wings
 Photograph
 Act naturally With a little help from my friends
 Give peace a chance




Fonte:  Aqui.

Nenhum comentário: