domingo, 30 de outubro de 2011

Steve Jobs era rockeiro!


De acordo com o site Death And Taxes Mag, Steve Jobs era basicamente um homem do Rock'n'Roll. De acordo com lista levantada no site, o ex-CEO ouvia muito rock.


A lista foi compilada a partir de álbuns que apareceram por alguns segundos durante uma apresentação que Steve Jobs fez do recurso Ping, do iTunes. Na tela, os álbuns foram mostrados dentro de um perfil pessoal de Jobs.


Na seleção, clássicos do rock como Bob Dylan, John Lennon, Rolling Stones, folk como Peter, Paul & Mary e jazz como Miles Davis.


Veja completa dos dez álbuns favoritos de Steve Jobs:
1. Bob Dylan – Highway 61 Revisited
2. Cat Stevens - Tea for the Tillerman
3. The Grateful Dead - American Beauty
4. Glenn Gould - Bach: The Goldberg Variations
5. Jackson Browne - Late for the Sky
6. John Lennon - Imagine
7. Miles Davis - Kind of Blue
8. Peter, Paul and Mary – Around the Campfire
9. The Rolling Stones – Some Girls
10. The Who - Who’s Next


Em contrapartida, ídolos do rock prestaram homenagens ao gênio da tecnologia que faleceu em 5 de outubro deste ano (2011).
Mick Jagger, vocalista dos Rolling Stones, foi um dos primeiros a falar sobre Jobs no Twitter, o cantor postou: “Jobs RIP Steve”. Já o líder do Nine Inch Nails, Trent Reznor, escreveu em sua página na rede social: “Obrigado por todas as ferramentas, pela inspiração e possibilidades... Já sinto sua falta, Steve”.


A banda Blink-182 também se manifestou e escreveu: “Jobs RIP Steve, muito obrigada por tudo que você fez no mundo da música e também no mundo”. Jared Leto, vocalista do grupo 30 Seconds To Mars, sugeriu via Twitter: “Poderíamos desligar nossos celulares e computadores durante uma hora para homenageá-lo por todas as suas contribuições”.
Já os músicos do Guns N' Roses escreveram: “Quando alguém diz que as pessoas não serão lembradas por suas posses e sim pelo o que fizeram em vida – elas estão, sem dúvidas, falando de seres como Jobs”. Fred Durst, vocalista do Limp Bizkit, também prestou seus pêsames com uma simples declaração: “Jobs RIP Steve, um verdadeiro visionário".


Nikki Sixx, baixista do Mötley Crue, fez uma interessante comparação: “Steve foi para nós o que Thomas Edison foi para a sociedade no início do século 20. Você fez do mundo um lugar muito melhor”.




Fonte:  Aqui.

Nenhum comentário: